APLICAÇÕES DA TELEMEDICINA NA CLÍNICA: 5 PRÁTICAS POSSÍVEIS

telemedicina

Com o acesso às novas tecnologias, houve uma considerável mudança na relação entre médico e paciente. Uma das transformações mais impactantes é a realização de consultas por telemedicina.

Apesar de ser uma prática com muitas restrições no Brasil, essa modalidade já faz parte da rotina de atendimentos nos países europeus e nos Estados Unidos. Neste artigo, você vai saber um pouco mais sobre o tema e também conhecerá as aplicações autorizadas no país.

O crescimento da demanda por serviços digitais em saúde

Nos últimos anos, o mundo passou por uma grande transformação digital, alterando a forma como as pessoas se relacionam entre si e com as empresas. Com isso, houve também uma profunda mudança nos hábitos de consumo.

No que diz respeito à atuação dos profissionais de saúde, os avanços tecnológicos tornaram os pacientes ainda mais exigentes com a qualidade do atendimento. Além disso, passaram a buscar por uma experiência mais duradoura.

Assim, com essa transformação, os consultórios e clínicas médicas se viram obrigados a informatizar seus processos e a disponibilizar recursos que facilitam a vida dos pacientes, tais como, agendamento online, prescrição digital, prontuário eletrônico e a própria telemedicina.

Em consequência desse movimento, houve uma crescente na demanda por serviços digitais em saúde, o que proporcionou o desenvolvimento desta tecnologia e aumentou a oferta por atendimentos remotos.

Ademais, com a pandemia da Covid-19, houve uma flexibilização das normas que regulam essa modalidade. Desse modo, com a necessidade de isolamento social, o país acompanhou uma ampla expansão da aplicação da telemedicina.

Como a telemedicina pode facilitar a rotina dos médicos e pacientes?

O primeiro e principal objetivo do atendimento à distância é eliminar as barreiras físicas que impediam a população de ter acesso à assistência médica, possibilitando que moradores de regiões distantes tenham acesso aos profissionais renomados dos grandes centros.

Outrossim, a telemedicina também fornece um grande apoio para a medicina tradicional, permitindo que médicos generalistas troquem informações com profissionais especialistas e também que exames sejam laudados à distância.

O atendimento remoto também pode ser utilizado para a realização de cirurgias robóticas. Enfim, existe uma infinidade de aplicações da telemedicina. Por isso, é considerada uma ferramenta essencial para os profissionais de saúde.

Além disso, esse recurso está ao alcance dos profissionais de todas as áreas de atuação, podendo ser admitida no atendimento pré-clínico, suporte assistencial, consultas, monitoramento e diagnóstico.

Agora que você já conheceu um pouco mais sobre a telemedicina e suas vantagens, precisamos falar sobre os tipos de aplicações que já são autorizadas no Brasil. Ficou interessado? Então, continue a leitura.

Conheça as aplicações da telemedicina no Brasil

 A telemedicina é uma modalidade de atendimento que se utiliza de tecnologias de informação e comunicação (TIC) para prestar a assistência médica necessária ao paciente, podendo ser usada tanto em consultórios médicos quanto em centros hospitalares.

Ainda, o exercício da medicina à distância traz grandes benefícios para a rotina médica, pois, diminui os gastos operacionais, aumenta a produtividade dos profissionais e melhora o atendimento ao paciente. 

No Brasil, a telemedicina pode ser aplicada para a realização de consultas online, para teleducação, emissão de laudos à distância, telemonitoramento e telecirurgia. A seguir, explicaremos o funcionamento de cada uma dessas modalidades.

1) Consulta por telemedicina

Trata-se da aplicação mais tradicional e conhecida da telemedicina. Entende-se como consulta online todo tipo de atendimento realizado por áudio e/ou vídeo entre médico e paciente. Em função da pandemia do novo coronavírus, o Ministério da Saúde brasileiro autorizou esta modalidade em caráter temporário.

Ainda, por meio da consulta por telemedicina, o profissional de saúde consegue atender o paciente remotamente, analisar o resultados dos seus exames, realizar diagnósticos e até indicar o tratamento mais adequado para o caso.

Porém, para oferecer este tipo de atendimento, o profissional precisa dispor de uma ferramenta de telemedicina que seja segura e ofereça recursos como a criptografia de ponta a ponta. Assim, as informações dos pacientes estão protegidas e é garantida a confidencialidade do conteúdo da consulta.

Por fim, a aplicação da telemedicina para o atendimento de pacientes pode ser feita de duas formas: assíncrona ou síncrona. No primeiro caso, a troca de informações não é simultânea, pois a comunicação é feita de maneira esporádica e em momentos diferentes.

Porém, como necessita de um tempo maior para ser concluído, esse formato é mais indicado em casos não emergenciais. Já a síncrona refere-se a um atendimento imediato, ou seja, há a interação simultânea entre as partes.

2) Teleducação

A teleducação, ou ensino à distância, funciona como um canal para o desenvolvimento intelectual dos profissionais de saúde. Assim, a plataforma de telemedicina pode ser utilizada para realizar teleconferências, videoaulas, congressos, entre outros.

Ainda, essa aplicação é muito comum no formato de aprendizado baseado em problemas (ABP), que consiste na solução de problemas em casos clínicos através da educação à distância.

3) Emissão de laudos por telemedicina

Trata-se do formato de telemedicina mais utilizado no Brasil e também o que tem maior abrangência. A emissão de laudos à distância funciona da seguinte maneira: o paciente vai até uma clínica parceira, realiza a coleta ou o exame de imagem. Em seguida, o material é direcionado virtualmente para um especialista que fará o diagnóstico remotamente.

Ainda, essa aplicação traz vantagens tanto para o paciente quanto para o consultório. Primeiro, porque diminui os custos dos exames e agiliza a emissão dos laudos, permitindo que o paciente receba o diagnóstico e inicie o tratamento o mais breve possível.

Já os consultórios e clínicas médicas eliminam a necessidade de contratar diferentes especialistas para o laudo de exames, bastando apenas terceirizar o serviço com empresas focadas em telediagnóstico.

Por fim, entre os principais exames que são laudados à distância, podemos citar: eletrocardiograma, tomografia, raio-x, mamografia e holter. Em alguns casos, os resultados são entregues em até 24 horas ou, em casos de urgência, em menos de uma hora.

4) Telemonitoramento

Outra aplicação importante da telemedicina, desta vez para o monitoramento aproximado de pacientes que necessitam de um tratamento mais assertivo, como é o caso dos pacientes crônicos.

A prática é realizada sob orientação e supervisão médica para acompanhamento dos parâmetros de saúde e/ou doença do paciente. Para isso, o médico precisa ter acesso constante a imagens, sinais e dados de equipamentos ou de dispositivos, agregados ou implantados no paciente.

5) Telecirurgia

Trata-se da realização de procedimentos cirúrgicos à distância com o auxílio de braços robóticos e de um médico executor. Para ser realizada, a telecirurgia necessita de uma infraestrutura segura e própria para esse fim.

Isso significa que o hospital ou centro médico precisa oferecer largura de banda eficiente, estabilidade da energia elétrica e proteção contra a invasão de hackers ou de vírus. Em função desses requisitos, é uma prática pouco comum no Brasil.

Portanto, a telemedicina é uma alternativa necessária e viável para a prestação dos serviços de saúde. Além dos muitos benefícios que traz para os médicos, a modalidade oferece vantagens importantes para os pacientes.

E você? Já introduziu essa modalidade de atendimento em sua rotina médica? O iMedicina oferece a ferramenta de telemedicina gratuita com toda a segurança que você precisa para seus atendimentos! Cadastre-se e comece a utilizar agora mesmo!

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: