Como ações de relacionamento com paciente geram autoridade profissional

relacionamento com paciente

A Medicina não é uma simples prestação de serviços — pode parecer clichê, mas a verdade é que o médico lida diariamente com aquilo que é mais importante para as pessoas: a saúde. Por isso, mais do que realizar uma consulta, é preciso construir um relacionamento com paciente

Isso significa trabalhar a confiança. Para tanto, o médico deve mostrar que se importa com o bem-estar do paciente e que não está ali apenas para definir um diagnóstico e prescrever algum medicamento, e sim deixar claro que esse processo dura mais do que os minutos de uma consulta. 

Mas não são só os pacientes que ganham com toda essa atenção. O médico também usufrui dos benefícios que receberá em sua carreira ao se dedicar dessa forma e, ainda, construirá a autoridade profissional. Assim, seu nome ficará marcado positivamente com toda a qualidade que oferecer em seus atendimentos.

No entanto, não pense que é algo difícil ter esse relacionamento. Com medidas simples, é possível melhorar a experiência do paciente e, consequentemente, atrair e fidelizar mais pessoas. Continue a leitura e descubra como!

Tudo começa antes da consulta

Como já mencionado, o relacionamento com o paciente não deve ser construído somente quando a pessoa está na consulta. A relação começa a ser construída na fase em que o paciente ainda busca por um profissional. Logo, é importante trabalhar o marketing médico. Dessa forma, o profissional é encontrado pelas pessoas de maneira mais fácil. Uma tática para isso é o uso do Google Ads.

Trata-se de anúncios feitos no Google, de acordo com as normas do Conselho Federal de Medicina (CFM). Por meio deles, o site médico aparece no topo dos resultados das buscas, o que aumenta, e muito, as chances do paciente clicar naquela página e, assim, conhecer mais o trabalho do profissional para marcar uma consulta.

Todavia, trabalhar com Google Ads não é algo simples. É preciso conhecer muito sobre as estratégias de anúncio para saber quando otimizá-las. Por isso, o iMedicina tem uma equipe de especialistas para esse trabalho. 

No entanto, não para por aí: só ter um site no topo dos resultados não basta. É necessário criar conteúdos de qualidade para a sua página. Ainda, publicar o currículo do médico de forma atrativa, com fotos de qualidade do consultório e explicar bem sobre o que é a especialidade e o que ele trata mostrarão ao futuro paciente todo o conhecimento do profissional. 

Ofereça facilidades para marcar a consulta

Outra dica importante para aproximar o relacionamento com o paciente antes da consulta é facilitar o processo para agendar horário. Para isso, é só utilizar o sistema de agendamento online. Com esse serviço, o próprio paciente pode visualizar os horários vagos do médico e marcar seu atendimento no melhor momento para ele. 

Ainda, tudo isso pode ser feito 24 horas por dia, tornando o processo mais prático para as pessoas, sem que elas precisem para o que estão fazendo para ligar em horários comerciais. Pode parecer algo banal, mas esse simples ato impactará para melhor toda a jornada do paciente e a imagem que ele construirá do profissional. 

Essa percepção positiva contribui para a autoridade que o médico está buscando em sua área de atuação, pois quanto mais pacientes satisfeitos, mais pessoas confiando em seu trabalho.

A base do relacionamento com o paciente: humanização

O paciente deve se sentir importante. Para isso, a palavra-chave é humanização. Logo, proporcione o atendimento mais atencioso possível a todas as pessoas que chegam no consultório ou clínica.

Desde a sala de espera, o relacionamento com o paciente já começa a ser reforçado. Portanto, invista em uma equipe de recepção treinada e muito educada. O ambiente também deve ser acolhedor, com cadeiras confortáveis, opções de entretenimento, acessibilidade e, até mesmo, com oferta de lanches.

Assim, quando o paciente entrar no consultório, todas as atenções devem ser voltadas a ele. Além disso, o médico precisa praticar a escuta atenta: mostrar que está completamente dedicado a entender as queixas, medos e angústias que costumam surgir em uma consulta.

Infelizmente, um atendimento também é cheio de processos burocráticos que atrapalham essa dedicação do médico. Então, a dica é utilizar ferramentas que otimizem todas essas tarefas. Uma delas é o prontuário eletrônico

Trata-se de um software, no qual o médico não precisa procurar a ficha de um paciente em meio a uma papelada, o que só serve para perder tempo. Assim, com um clique, ele acessa todas as informações daquela pessoa, como tratamentos realizados, medicamentos previamente prescritos, alergias e outros dados que são importantes para uma boa assistência à saúde. 

Por fim, ao visualizar essas informações de forma rápida, o médico pode oferecer a atenção necessária ao paciente e mostrar que ele não é apenas mais uma pessoa no consultório. 

Mostre que a opinião do paciente é importante

A construção do relacionamento com o paciente continua no pós-consulta. Nesse momento, é importante saber o que a pessoa achou de toda a experiência que teve no consultório. A pesquisa NPS é a ferramenta adequada para isso. 

Por meio dela, o paciente registra notas de 0 a 10 para diversos itens que envolvem a clínica e o atendimento. Assim, é possível saber o que é necessário mudar, o que está sendo bem avaliado e pode ser mantido e o que fazer para melhorar todo o cenário.

Além disso, ao realizar a pesquisa, o paciente também sentirá que sua opinião é relevante para toda a equipe do consultório. 

Relacionamento com o paciente é também manter-se próximo a ele

No pós-consulta, é interessante que o médico se mantenha próximo do paciente. Isso é feito a partir de ferramentas, como blog e rede sociais. Nessas plataformas, o profissional pode publicar diversos conteúdos com dicas e orientações de saúde que auxiliarão as pessoas nos cuidados diários com si mesmas.  

Outra forma de fazer isso é com o e-mail marketing. Com a automação desse serviço, é possível enviar materiais para grupos específicos de pacientes, tornando os conteúdos ainda mais úteis para cada pessoa que recebe. 

Podemos citar como exemplo: um guia sobre diabetes, que pode ser enviado para os pacientes que estão no grupo de diabéticos — essa separação em categorias é feita com o prontuário eletrônico do iMedicina.

Dessa maneira, o paciente sempre se sentirá cuidado pelo médico e com o profissional em mente. Os materiais oferecidos também mostrarão a autoridade que o especialista tem em sua área de atuação.

Relacionamento com paciente x autoridade profissional

Todas as ações descritas nesse conteúdo têm como objetivo principal mostrar ao paciente que ele é importante. No entanto, há uma outra tarefa que será a “cereja do bolo”: construir uma relação de confiança, baseada na comunicação constante e melhora da satisfação do paciente.

Ao mostrar que se importa com as pessoas que atende, mesmo quando elas não estão no consultório, o processo contínuo da construção do relacionamento com paciente se tornará ainda mais forte. 

Essa relação de confiança que é criada é a base da construção da autoridade do médico no seu campo de atendimento. Uma vez que as pessoas confiam e começam a indicar o seu trabalho e avaliá-lo positivamente em canais de grande destaque, a atração de novos pacientes e a fidelização daqueles que acabaram de chegar se dá com bem menos esforço.

Quer saber mais sobre relacionamento com o paciente? Leia esse artigo: 6 formas de fazer relacionamento com pacientes

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: