Como ser encontrado pelo paciente: você sabe quem ele é?

paciente

Uma coisa é fato: desde que surgiu a internet, muita coisa mudou. Inclusive a forma de como o paciente busca por informações ou localiza os melhores profissionais para lhes atender.

Antes era muito comum as pessoas procurarem um médico assim que os sintomas se iniciassem, sem que houvesse uma pesquisa para definir qual profissional ir. E o diagnóstico dado pelo profissional era absoluto e indiscutível.

Hoje, a situação não é mais essa. Dificilmente o paciente agenda uma consulta sem antes ter confiança no trabalho do profissional ou sem fazer uma busca na internet sobre a sua reputação. E, ao chegar na consulta, é comum questionar o diagnóstico, uma vez que já é de praxe fazer uma consulta prévia no Google sobre o que pode ser.

Enfim… Os tempos mudaram, os conceitos mudaram e, para que os médicos possam continuar se destacando em um mercado em que o paciente está cada vez mais exigente e engajado, é indispensável que eles consigam se ajustar para que possam ter boa presença digital.

Se você quiser saber o que fazer para garantir que o seu paciente irá te encontrar e, principalmente, que vai sentir confiança em você para marcar uma consulta, leia o conteúdo abaixo. Reunimos uma série de dicas para te ajudar a definir o seu paciente ideal e para aumentar a sua visibilidade na internet.

O que é o paciente ideal?

Você já parou para pensar qual é o paciente ideal que você deseja atender? Por exemplo: aquele que reconhece qual é o seu valor; que confia em você como profissional; que te dá feedback, a fim de proporcionar melhorias; que avalia o seu serviço publicamente na internet (prova social) e que ainda indica o seu consultório ou clínica para os familiares e colegas?

Pois então… O termo paciente ideal refere-se ao paciente que exige menor custo e esforço para ser fidelizado. É o perfil que você deseja atingir através das estratégias de divulgação e é, de fato, o que mais lhe traz rentabilidade.

Vale ressaltar que essas características citadas acima são apenas alguns exemplos. Para que você possa definir qual é o seu paciente ideal, você precisa analisar pontos como a localização em que eles se encontram, dados demográficos que os definem, condições de pagamento, se é um tipo de atendimento popular ou exclusivo e assim por diante. Somente após ter essas informação em mãos, inicie as estratégias que indicaremos a seguir.

Dicas de como ser encontrado(a) na internet

Bom, depois de definir qual é o seu paciente ideal, é hora de entender o que deverá ser feito para garantir que você vai conseguir atrair e fidelizar esses pacientes. Separamos algumas dicas que vão te ajudar com isso. Veja só:

Trace qual é o perfil do seu paciente ideal

Para criar o perfil com mais exatidão do seu paciente ideal você vai precisar responder algumas questões que vão desde as informações pessoais (idade, sexo, estado civil, profissão) até as suas principais objeções a respeito do seu serviço e quais são os canais de comunicação que o paciente mais usa.

Nessa etapa a melhor opção que você tem é fazer uma breve entrevista com seus próprios pacientes. Dessa forma você terá mais chances de colher dados assertivos.

Conheça a jornada do paciente

Depois de colher as informações e criar o perfil final do paciente ideal, é hora de conhecer qual é a jornada a ser seguida por ele.

Normalmente ela é dividida em quatro etapas. São elas: aprendizado, reconhecimento, consideração e decisão.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

À medida que o indivíduo vai conhecendo seus serviços e se interessando pelo que você está oferecendo, ele vai percorrendo o caminho até chegar no momento de se decidir sobre o agendamento ou não da consulta com você.

Respeitar a jornada e elaborar estratégias diferentes para cada uma das fases é indispensável para garantir a conversão do seu paciente ideal, para que ele possa, de fato, agendar o atendimento.

Defina quais são as estratégias que irão impactá-los em cada fase da jornada

Para definir as estratégias das fases da jornada você deve levar em consideração os canais que o seu paciente ideal utiliza (pesquisa no Google, Facebook, Instagram, etc.), informação colhida no momento do levantamento de informações.

Segue um exemplo de estratégias para jornada para garantir que você irá fidelizar pacientes e que eles e marcar uma consulta:

Aprendizado e descoberta

Quando seu paciente está no início da jornada ele ainda não sabe muito bem que tem um problema. Por isso, você precisa orientá-lo quanto a isso através de um conteúdo que desperte o seu interesse. Uma boa opção é investir no marketing de conteúdo através de artigos para blog ou de um e-book.

Reconhecimento do problema

Ao passar para a segunda fase da jornada, o paciente já compreendeu que tem um problema e está interessado em aprofundar no assunto. Para o auxiliar, você pode desenvolver um conteúdo para blog ou ainda divulgar um vídeo dizendo quais são as soluções disponíveis para a sua resolução.

Mas atenção: nesse momento ainda não é ideal que você faça uma propaganda dos seus serviços diretamente. Faça-o entender que ele precisa solucionar o problema e que existe jeito para tal como forma de provar que você entende do assunto e que futuramente você poderá auxiliá-lo.

Consideração da solução

Provavelmente ao chegar na terceira etapa da jornada o paciente já pesquisou sobre você e já entendeu que você pode o auxiliar com seu problema.

Sua ação aqui pode ser criar alguns conteúdos para os stories do Instagram falando sobre os benefícios dos seus serviços e como você consegue auxiliá-lo para incentivá-lo a entrar em contato para marcar uma consulta.

Decisão de compra

Esse é o momento final e crucial para a conversão ou não do seu paciente ideal.

Aqui ele já se convenceu que tem um problema e que você pode auxiliá-lo, mas provavelmente está procurando referências sobre você na internet e sobre outros médicos para tomar a melhor decisão.

Uma boa opção para cativá-lo é oferecer um outro conteúdo “bônus” totalmente gratuito, podendo ser através de artigos, vídeos ou até mesmo uma live.

Conseguiu entender qual é o seu paciente ideal, como defini-lo e o que deve ser feito para que ele possa te encontrar? Então agora é hora de agir! Caso tenha ficado com alguma dúvida basta comentar aqui que nós te respondemos.

Continue navegando pelo blog iMedicina e saiba mais sobre esse e outros assuntos importantes para o crescimento do consultório.

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: