Médico do séc. XXI: como garantir sucesso na sua carreira?

médico

O que diferencia o médico do séc. XXI dos demais? Certamente, ele presta um ótimo serviço para os pacientes, já que esse é um atributo de peso atualmente. Mais do que isso, aproveita todo o potencial da tecnologia. Afinal, com tantos recursos no mercado, nada mais natural do que incorporá-los no dia a dia.

Sendo assim, a inovação faz parte de sua rotina. Da mesma forma como ele não se abala pelas mudanças. Nem precisa dizer que a agilidade é uma das qualidades mais notáveis dos profissionais do novo século.

E você, identificou-se com esse perfil? Nada de ficar parado no tempo. Leia este artigo e saiba como acompanhar as tendências da sua área. Siga com a leitura e rumo ao futuro!

Médico do séc. XXI: por que você deve se adequar às transformações da era digital

Em 2020 já existe mais de 500 mil registros de profissionais médicos no Brasil. Mesmo com o déficit de atendimento em algumas regiões do país, fica notável o crescimento da concorrência.

Além disso, quem está chegando agora já é um nativo digital, o que auxilia bastante para introduzir os processos tecnológicos na rotina do consultório.

A grande questão é que a forma de consumir produtos e serviços em saúde vem sendo transformada pelo mundo digital, da mesma forma que ocorre em outros mercados. Nesse contexto, entender quais as novas demandas desses consumidores/pacientes é essencial para ter sucesso na carreira médica daqui para frente.

Confira nos próximos tópicos como se destacar em um universo tão competitivo.

Como se tornar um médico do sec. XXI?

O historiador Yuval Harari, indica no best seller 21 lições para o século 21, que muitas funções, hoje presentes no mercado de trabalho, têm grandes chances de serem extintas até 2050. Isso porque, com a inteligência artificial (IA), aprendizado de máquina e biotecnologia em alta, boa parte desses trabalhos serão substituídos de vez pela automação.

Contudo, ele faz ressalvas sobre a medicina. Dificilmente, um paciente confiaria cegamente no diagnóstico de um médico-robô. No entanto, não é por isso que os médicos devem se acomodar. Pelo contrário, é exatamente por serem favorecidos pela visão sistêmica e senso cognitivo apurado que serão capazes de se incorporar à inovação.

Uso disruptivo da telemedicina

Com o mesmo raciocínio do autor, o médico do séc. XXI deve estar atento à questão da conectividade, em vista do alto potencial presente na telemedicina. Em uma ótica otimista, com a modalidade sendo impulsionada pela 5ª geração cibernética no país, logo será possível aproveitar ainda mais os serviços de consulta online.

Ainda, será fácil compartilhar orientações com colegas de outros países mesmo à distância e, quem sabe, ser assistido por eles em tempo real durante uma cirurgia presencial. Por enquanto, não há previsão legal do uso desse recurso pelo CFM (Conselho Federal de Medicina). Contudo, nada impede que isso aconteça em breve.

Autoridade reforçada na web

A carreira consolidada na área, sem dúvida, é uma vantagem competitiva desse profissional. Mas mais do que ter um currículo excelente, o médico do séc. XXI sabe como ninguém tirar proveito disso marcando presença na web. Por estar ciente de cada etapa da jornada do paciente, sabe explorar todo o potencial da web a seu favor.

Tecnologia instrumental usada pelo médico do séc. XXI

Não é por acaso que esse médico obtém ótimos resultados. Por entender a lógica do relacionamento com paciente, ele utiliza o que há de mais moderno no consultório.

Prontuário Eletrônico Gratuito

Para isso, conta com o prontuário eletrônico, o que agiliza a gestão administrativa e centraliza todas as informações em um só lugar. Também, entende que o sistema reúne outras funções que agilizam o crescimento do negócio e oferece diferenciais competitivos para o paciente.

Conexão real na consulta

O médico do séc. XXI se esforça para dar o melhor atendimento. Desse modo, consulta com prontidão os dados do paciente por meio do software. Assim, faz de tudo para conquistar a confiança deles. Ainda:

  • demonstra receptividade;
  • fornece informações precisas;
  • mantém o tom educativo;
  • disponibiliza todos os contatos para tirar dúvidas;
  • abre canal para sugestões e críticas.

Enfim, ele não perde nenhuma chance de usar todas as ferramentas disponíveis em um software médico para oferecer atendimento de excelência, uma vez que isso favorece o retorno do paciente e a fidelização.

Conta com a força do e-mail marketing

O médico do século XXI não perde tempo. Logo que a consulta termina, ele configura e-mails personalizados, que são enviados para o paciente de acordo com a segmentação feita no software médico.

Desse modo, não há risco de perder o relacionamento com o paciente. Por esse sistema, também é possível o envio de mensagens, tais quais:

  • cartões de aniversário;
  • conteúdos exclusivos;
  • alusão a campanhas de prevenção à saúde;
  • ações voltadas para aumentar o tráfego no site médico;
  • iniciativas para ampliar o contato por meio das mídias sociais;
  • pesquisas de satisfação.

Prescrição eletrônica

Esse profissional se atém a todos os detalhes. Inclusive, no que se refere à prescrição eletrônica, já que há um serviço integrado ao software médico que, ainda, compartilha com o paciente. Assim, ele evita erros de legibilidade e de interpretação. Algo problemático na área.

Ainda pelo programa, é possível acessar o inventário de medicamentos com mais de 60 mil opções. Dessa forma, obtém também as cotações, incluindo dos genéricos — outro recurso de grande valia para o paciente.

Controle financeiro disponível na plataforma

O uso da plataforma médica ainda auxilia no controle financeiro da clínica. Assim, acompanha-se tudo em tempo real, por exemplo:

  • total de pacientes ativos no sistema;
  • taxa de desistência mensal;
  • tempo médio por consulta;
  • quantidade de atendimentos realizados por especialidade;
  • índice de retorno ao médico;
  • relatório com movimentações financeiras.

Iniciativas do médico do séc. XXI em vista da fidelização

Todas essas ações conjuntas visam a boa percepção dos pacientes. Mais do que isso, busca torná-los promotores da clínica. Nesse contexto, mantém padrões satisfatórios e, ainda, cria condições para recomendações entre amigos e familiares.

Cabe ao médico, também, incentivar esse comportamento nas redes sociais e Google Meu Negócio. Além, é claro, de incrementar o site médico com mecanismos para facilitar a localização na rede. Com a visibilidade em alta, com certeza, o consultório médico será bem-sucedido em sua estratégia online.

Médico do séc. XXI: o futuro já começou?

O médico do séc. XXI, portanto, compreende o quanto a tecnologia é aliada do negócio. Nesse ponto, sabe que presença digital é imprescindível para o crescimento do negócio, assim como estratégias de marketing médico.

Naturalmente, isso ocorre porque o profissional reconhecido acaba se estabelecendo no mercado muito mais rápido que os demais. Por isso, estruturar o marketing do consultório o quanto antes é garantia de destaque e ajuda o negócio a sair na frente da concorrência.

Quer saber mais sobre o assunto? Baixe o Guia definitivo do Marketing Médico e entenda como iniciar o seu projeto de crescimento sustentável, tal qual um médico do sec. XXI.

metodologia imedicina

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: