Software para clínicas é mesmo uma opção segura? Descubra!

software médico

No mundo de hoje, nós vivemos compartilhando as coisas. Registramos nossas atividades diárias no Twitter, colocamos as nossas melhores fotos no Facebook e Instagram, registramos nossa vida como um verdadeiro BBB no Snap e enviamos nossos pedidos de namoro e casamento para o YouTube. Muitas vezes, parece que não há nada que nós não compartilhemos com os nossos amigos na internet.

Mas quando o assunto é o software médico que está substituindo cada vez mais os registros médicos em papéis, as pessoas ficam com o pé atrás. Não é atoa, até por que a relação entre médico e paciente foi feita para ser confidencial.

Os médicos devem ser intrometidos. Eles não apenas examinam o seu corpo e cuidam dos seus problemas de saúde. Os médicos examinam sua vida, passado e presente, e fazem todos os tipos de perguntas sensíveis e até mesmo desconfortáveis.

Você já usou algum tipo de droga? Quantos parceiros sexuais? Você fuma ou bebe? Já usou botox ou fez alguma cirurgia plástica? Você já teve depressão ou tratou-se de alguma doença mental? E quanto ao seu casamento ou casamentos passados?

No entanto, essa confidencialidade é agora desafiada por um mundo onde os computadores armazenam informações que passam por muitas mãos. E é aí que surge uma das principais dúvidas sobre os softwares médicos: são realmente seguros?

Uma pesquisa nos EUA mostrou que os pacientes não confiam nos softwares de registros médicos. No entanto, este medo deve ser superado, já que os softwares médicos são completamente seguros e estão se tornando cada vez mais comuns.

Não é de hoje que o uso de um sistema de gestão médica melhora consideravelmente o atendimento. Mas você pode se perguntar: A transição do papel para o computador significa mais segurança e privacidade para as informações médicas?

No post de hoje, você saberá se o software para clínicas é uma opção segura!

 

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

O que é um software médico?

Resumidamente, um software de gestão médica é um programa para computadores para reunir, gerenciar e armazenar informações dos pacientes e de toda a clínica. O sistema dá aos médicos acesso as informações médicas para que eles possam tomar decisões mais informadas sobre o cuidado que eles fornecem aos pacientes.

E alguns softwares mais completos oferecem recursos adicionais, como sistema de agenda, gerenciamento de tarefas, módulo financeiro, módulo de marketing e muito mais.

 

O quão privada são as informações?

A transição do papel para a eletrônica pode realmente melhorar a segurança das informações dos pacientes. Aqui está o por quê:

  • Logins são necessários. Para acessar um software médico, principalmente as versões baseadas na Web, é necessário iniciar a sessão com um nome de usuário e uma senha para acessar todo o sistema. Desta forma, você poderá controlar facilmente quem pode visualizar e editar as suas informações registradas.
  • Tecnologia de criptografia avançada. Os softwares são devidamente criptografados para proteger as suas informações e as dos seus pacientes, utilizando a mesma tecnologia aplicada em bancos online. Os dados eletrônicos são, na verdade, mais seguros do que os registros em papéis que circulam em torno de uma instalação.
  • Backups frequentes. Armazenar suas informações a partir de um software eletrônico garante que todos seus arquivos sejam salvos em caso de incêndio, inundação ou qualquer outro tipo de incidente, pois backups são feitos frequentemente.
  • Armazenamento em nuvem. Seus dados não serão mais armazenados embaixo da sua mesa ou em um armário em seu consultório. Com um sistema baseado em nuvem, os seus dados serão armazenados em uma instalação completamente segura.

 

3 dicas para garantir mais segurança ainda

Aqui estão algumas maneiras de você garantir mais segurança ainda:

  • Senhas fortes. Certifique-se de usar senhas que usam letras, números e caracteres. Evite sequências como “123456” – uma das senhas mais utilizadas no mundo. Senhas mais complexas são mais difíceis de quebrar do que usar o nome do seu cachorro.
  • Embora seja algo completamente automático para algumas pessoas, outras se esquecem de encerrar a sessão após utilizarem um determinado serviço/app. Portanto, certifique-se de sempre clicar em “Sair” ao final de cada dia.
  • Esteja atento. Ao acessar ou inserir informações pessoais dos seus pacientes online, certifique-se que está usando um endereço Web que começa com https:// (o “s” significa “seguro”) ao invés de http://.
  • Alterar a política de senhas. A implementação de um procedimento de mudança de senha periodicamente em sua equipe também é uma boa prática para aumentar a segurança.

E você, já se aderiu ao software médico para obter mais segurança?

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira:

  • 1) Atração de pacientes
  • 2) Atendimento com Eficiência e Tecnologia
  • 3) Relacionamento e fidelização

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.