Como reabrir a clínica médica durante a pandemia

clínica médica

Reabrir a clínica médica em tempos de pandemia tem gerado muitas dúvidas. Afinal, como fazer isso de forma segura?

O atual contexto de COVID-19 exigiu medidas de isolamento social para conter a sua transmissão. Todavia, com o processo de abertura gradual, serviços essenciais puderam se manter abertos de forma adaptada. Ou seja,  desde que respeitassem as normas exigidas para controle da dispersão do vírus.

Ambientes na área da saúde necessitam de atenção dobrada por ser uma área de risco em potencial. Contudo, é possível sim retomar as atividades presenciais na clínica de maneira segura, desde que você se organize para isso e realize adaptações na dinâmica da rotina da equipe.

Você se sente preparado para reabrir a clínica médica? Como fazer isso com segurança?

As medidas de precaução em relação ao Coronavírus são extremamente necessárias e devem ser priorizadas mesmo com a flexibilização das atividades.

Para além disso, o médico deve pensar de forma estratégica para que a retomada dos seus atendimentos presenciais seja feito da maneira mais segura possível tanto para o corpo clínico em geral quanto para os pacientes.

É inevitável falar da pandemia sem falar dos seus impactos na sociedade. Sobretudo nos aspectos socioeconômicos, a mudança de cenário trouxe uma série de transformações na gestão de negócios médicos.

Muitos profissionais da área aderiram à telemedicina como forma de dar continuidade às suas atividades à distância e garantir a segurança dos seus atendimentos.

Contudo, como o médico é prestador de serviços essenciais, mesmo com a alternativa de exercer seu trabalho à distância, ele pode optar por dar continuidade às suas atividades presenciais.

Uma vez que não há previsibilidade em relação à contenção da pandemia, as medidas de segurança se tornam parte do cotidiano por tempo indeterminado.

Se você quer dicas para melhor planejar a adaptação da sua clínica, preparamos uma lista com práticas a serem adotadas para você fazer isso da forma mais segura possível. Olha só:

Conte com um software para a gestão da sua clínica médica

Primeiramente, é necessário pensar nas mudanças trazidos pelo cenário. O paciente ainda pode estar receoso de comparecer presencialmente. O retorno deve ser feito de maneira gradual e estratégico, respeitando as medidas sanitárias.

A tecnologia tem sido uma das principais aliadas para atenuar os impactos da pandemia. Softwares médicos que auxiliam na gestão do negócio já demonstravam ser muito eficazes para administração. Sendo assim, o atual contexto fortalece a ideia de que é necessário informatizar alguns serviços para que fiquem mais alinhados às demandas atuais.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

Com uma boa ferramenta digital, administrar e planejar sua retomada ao funcionamento da clínica médica será muito mais tranquila. O software vai auxiliar na marcação de consultas de forma otimizada, organizar as informações no ambiente digital e auxiliar na manutenção do relacionamento com o paciente.

Além disso, é possível organizar melhor o setor financeiro e administrativo através do próprio aplicativo. Dessa forma, será muito mais prático gerenciar estratégias de modo a alcançar melhor eficiência no atendimento.

Pense em uma comunicação intuitiva e eficaz

A pandemia gera uma série de inseguranças legítimas nas pessoas. Afinal, é um momento muito delicado na história da humanidade. Com esse cenário, é importante investir em uma comunicação eficiente de forma humanizada.

Esse tipo de abordagem gera confiança no paciente. Mais do que nunca, é necessário transmitir esses valores para que as pessoas sintam seguros em seu ambiente de trabalho.

Antes de mais nada, é imprescindível informar o paciente que a clínica médica está funcionando de forma adaptada, tomando todas as medidas sanitárias adequadas.

Utilize e-mail marketing para orientar sobre o uso obrigatório de máscaras no local e sobre a limitação de acompanhantes, a fim de conter aglomerações, além de enviar dicas gerais de prevenção.

Criar esse tipo de relacionamento com o paciente gera credibilidade pois o paciente se sente amparado, contribuindo para que se sinta confortável em comparecer à consulta.

Reitera-se a importância da implementação de um software médico para lidar com a comunicação de forma mais eficiente. Para facilitar a troca de informações da clínica com o paciente, o sistema apresenta ferramentas de automatização de mensagens e e-mails.

Apresente menos burocracia para que o paciente se comunique com você. Seja para remarcar, informar sobre imprevistos, repassar cuidados entre outros. O importante nessa abordagem é gerar credibilidade além de estreitar a relação entre o médico e o paciente

Acatar as medidas sanitárias com rigor na sua clínica médica

Deve-se atentar para as normas sanitárias impostas pelos protocolos da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária)  e da OMS (Organização Mundial de Saúde).

O ambiente clínico deve ser higienizado com rigidez. Todos os funcionários e médicos devem estar resguardados para continuar exercendo seu trabalho com tranquilidade.

Para isso é necessário fornecer protetor para os olhos e o uso de máscara no local ser obrigatório. Também é importante determinar um protocolo de triagem e separar os pacientes suspeitos de estarem contaminados daqueles que não apresentam indícios.

Planeje o fluxo de pessoas

O retorno deve ser gradual. Então, de forma alguma deve se manter o mesmo fluxo de pacientes que era de costume.

Para conter aglomerações, o médico gestor da clínica deverá pensar de forma estratégica a maneira com a qual irá conduzir o fluxo de pacientes e acompanhantes.

Antes de mais nada, deve se calcular o limite máximo de pessoas que poderão estar presentes na sala de espera da clínica médica, respeitando o distanciamento de 1,5 metros. A partir dessa informação você poderá trabalhar de forma objetiva a alocação dos pacientes.

Deve se impor um limite diário de pacientes a serem atendidos. As consultas devem ser distribuídas em dias e horários espaçados. Para isso, deve avaliar a demanda e a capacidade acomodação do espaço. Sendo assim, os espaçamentos podem ser feitos em dias alternados e com intervalo de 30 minutos para cada atendimento.

Com essas dicas você resguarda o que é mais importante no momento: garantir a segurança da equipe e dos pacientes que frequentam a clínica médica.

Quer saber mais sobre esses e outros assuntos para o crescimento da sua clínica médica? Continue navegando pelo blog iMedicina.

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: