5 dicas para seu conteúdo médico se posicionar nos buscadores

5 dicas para colocar seu conteúdo médico nos buscadores

Com o crescimento contínuo de usuários nas plataformas digitais, as empresas estão cada vez mais investindo na construção da sua autoridade online. Para os profissionais de saúde, esse processo pode ser realizado com a produção de conteúdo médico.

No entanto, para que os seus artigos e postagens alcancem um bom número de usuários, é necessário conhecer e implementar um conjunto de técnicas consideradas como fatores de ranqueamento nos mecanismos de busca.

Você já ouviu falar neles? Sabe o que significa a sigla SEO e a sua importância para o marketing médico? Caso não, recomendamos a leitura deste artigo. A seguir, responderemos a essas e muitas outras dúvidas sobre o assunto.

Confira o Guia Completo de marketing digital para consultórios!

Entenda como funciona o ranqueamento do Google

Quando uma pesquisa é realizada no Google, ou em outro buscador, a ordem em que os resultados são organizados e exibidos para o usuário não é aleatória. Ela segue um ranqueamento baseado na presença de fatores importantes para o algoritmo da ferramenta.

Ainda, os algoritmos são um conjunto de operações programadas para executar determinada tarefa. No caso dos mecanismos de busca, eles têm a missão de analisar, indexar e organizar as páginas da internet.

Ademais, os algoritmos são capazes de entender o conteúdo de um site e verificar a presença de informações que são consideradas importantes para o usuário. Desse modo, quanto mais completo o site for, melhor será o seu ranqueamento nos resultados de pesquisa.

No entanto, ainda não se conhecem todos os fatores que influenciam nesse posicionamento. Com isso, há uma constante busca e estudo sobre esses algoritmos. De modo geral, para o Google entregar os resultados da pesquisa do usuário, ele percorre o seguinte caminho:

  • Rastreamento: o buscador conta com robozinhos virtuais que são programados para fazer uma varredura na internet, pesquisando novas páginas para indexação no seu banco de dados;
  • Indexação: após o rastreamento, o endereço eletrônico do site é inserido no banco de dados do Google e catalogado de acordo com as suas palavras-chave;
  • Ranqueamento: depois de indexar as páginas, o buscador utiliza algoritmos para fazer a classificação dos sites. O objetivo é entregar as melhores respostas aos usuários, priorizando os links que são considerados mais relevantes.

Todo esse processo é realizado em menos de um segundo. Assim, para destrinchar os fatores de ranqueamento dos mecanismos de busca, surgiu um conjunto de técnicas chamado de Search Engine Optimization, o famoso SEO.

O que é SEO?

Por definição, SEO é o conjunto de ações e estratégias de marketing digital que visam aumentar o tráfego e o desempenho de um site nos resultados orgânicos dos principais mecanismo de busca.

Embora o conceito pareça complexo, podemos entender o SEO como uma otimização que deve ser feita em um site. Com isso, ele pode ser lido corretamente pelos algoritmos e ser posicionado nos resultados de pesquisas.

Ainda, essas técnicas são utilizadas durante todo o processo de construção de páginas para internet e também na produção de conteúdos. Assim, para o seu site médico ser bem ranqueado, você precisa implementar o SEO.

Como o SEO é aplicado na prática?

Uma estratégia de SEO considera a aplicação de diversas técnicas, tanto na estrutura do site quanto no seu conteúdo. Ainda, essas técnicas buscam atender aos fatores de ranqueamento do Google, como, por exemplo:

  • Autoridade da página;
  • Relevância de links;
  • Design responsivo;
  • Uso de palavras-chave;
  • Velocidade de carregamento da página;
  • Tempo de permanência do usuário no site;
  • Tamanho e originalidade do conteúdo;
  • Usabilidade;
  • Autoridade do domínio.

Desse modo, ao considerar esses fatores na sua estratégia de SEO, a tendência é de que o seu site e conteúdo médico sejam bem avaliados pelos algoritmos do Google. Consequentemente, eles serão apresentados nas primeiras páginas dos resultados de buscas.

Conheça algumas dicas para melhorar o SEO do seu conteúdo médico

Agora que você já sabe o que é SEO, e sobre a necessidade de ajudar o Google a encontrar o seu conteúdo médico, conheça algumas dicas para melhorar o posicionamento da sua página nos mecanismos de busca.

1 – Escolha as palavras-chave adequadas para o seu conteúdo médico

A escolha das palavras-chave é essencial para que os algoritmos entendam o assunto que está sendo abordado no seu conteúdo e site. Por isso, antes de começar a planejar suas estratégias de marketing médico, faça uma lista com os termos que mais estarão presentes nos seus artigos e postagens.

Além disso, avalie como você gostaria de ser encontrado nessas pesquisas e considere o uso de ferramentas que ofereçam um panorama sobre as palavras-chave relacionadas à sua área de atuação, usadas com maior frequência.

2 – Elabore conteúdo médico a partir da escolha das palavras-chave

Depois que estiver com sua lista de palavras-chave finalizada, e já tenha a noção de como os usuários encontram o seu site, planeje conteúdos a partir desses termos. Assim, você não precisará fazer um grande esforço para inseri-los nas suas postagens.

Ademais, ao fazer esse planejamento, é importante lembrar que os algoritmos são capazes de entender se o uso dessas palavras está sendo aleatório ou não. Outrossim, o excesso de repetição desses termos pode prejudicar o seu ranqueamento.

3 – Utilize a estratégia de link building

Trata-se de uma estratégia que visa a transferência de autoridade de um site para o outro, melhorando o posicionamento deste. Para isso, é preciso fazer parcerias para que páginas com maior influência façam referência ao seu site nos conteúdos produzidos por elas.

4 – Otimize o seu conteúdo

Ao produzir conteúdos médicos, você precisa estar atento às técnicas de SEO. Isso porque, para realizar o rastreamento e indexação, os algoritmos consideram a presença de fatores que facilitam a leitura e o entendimento das informações contidas no seu site. Algumas formas de fazer essa otimização são:

  • Conteúdos escaneáveis: os algoritmos priorizam conteúdos fáceis de ler, com divisão de tópicos, palavras em negrito, uso de bullets points e com parágrafos curtos;
  • Palavras-chave: uso de palavras-chave em quantidades razoáveis, mas que estejam presentes no título do conteúdo e na meta descrição;
  • URL: o endereço eletrônico de cada conteúdo precisa conter a palavra-chave utilizada nele;
  • Legendas nas imagens: sempre que inserir imagens nos seus conteúdos, preencha o item de texto alternativo para explicar do que se trata aquela imagem;
  • Meta descrição: é o resumo de cada conteúdo que será exibido para o usuário na página de resultados do Google. O texto deve ser conciso e conter a palavra-chave principal do conteúdo.

5 – Utilize links patrocinados para alavancar o conteúdo médico

Mesmo com a implementação das técnicas de SEO no site e o desenvolvimento de ações de marketing médico, recomenda-se investir em tráfego pago. Essa estratégia consiste na aquisição de espaços publicitários comercializados pelo Google e pelas redes sociais.

No buscador, os links patrocinados são aqueles resultados que aparecem no início e no final de cada página exibida. Para comprar esses anúncios, você precisa se cadastrar no Google Ads, plataforma do Google específica para esse fim.

Da mesma forma, você também pode promover o seu site ou conteúdo usando anúncios nas redes sociais, como o YouTube, Instagram e Facebook. O uso dos links patrocinados acelera sua estratégia de posicionamento de marca e construção de autoridade.

Enfim, a busca pela melhora no ranqueamento do Google e de outros mecanismos de busca é fundamental para fortalecer a sua presença digital e se diferenciar da concorrência. Além disso, essas práticas visam melhorar a experiência do paciente com o seu site.

Portanto, se você deseja atrair e fidelizar pacientes, é preciso investir no aprendizado e na aplicação das técnicas de SEO na sua página e no seu conteúdo médico. Com isso, você executa as ações necessárias para se posicionar nas primeiras páginas do Google.

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: