Como manter relacionamento com paciente durante o isolamento social

relacionamento com o paciente

Arriscamos dizer que nem a mais conceituada faculdade de medicina do mundo imaginou que passaríamos por um momento tão delicado na saúde mundial. Pensaram em doenças, em curas, nos melhores tratamentos, mas, talvez, não pensaram em como manter um relacionamento com paciente durante o isolamento social.

Por isso, hoje, além de adaptar ao “novo normal”, é preciso que os profissionais da saúde repensem e reforcem o relacionamento com seus pacientes.

Se por um lado o isolamento provocou receio para buscar uma ajuda médica, por outro, há um estado de fragilidade emocional que precisa de apoio, além do acompanhamento rotineiro da saúde que não pode ser deixado de lado.

Medo, ansiedade e outros sentimentos são comuns neste tipo de situação e muitas vezes necessitam de um atendimento mais próximo.

Por isso, separamos aqui algumas dicas para você driblar esse problema no consultório e aproximar o seu relacionamento com o paciente, mesmo em tempos de quarentena. Acompanhe!

Aproveite a telemedicina!

Durante a pandemia, mais do que uma consulta de saúde, é preciso que o atendimento médico seja capaz de transmitir confiança, satisfação e segurança. É preciso ter uma relação pautada no diálogo e atenção, sem perder a proximidade.

Dessa forma, mesmo que o paciente não possa ir ao consultório ou que seja mais seguro evitar os atendimento presenciais, é importante manter o relacionamento ativo, até mesmo para fidelizar os pacientes da sua base.

A telemedicina é uma boa alternativa nesse momento. Com atendimentos virtuais, autorizados por lei, é possível manter uma comunicação com o paciente e assegurar que a saúde está em dia, impactando positivamente o estado do paciente.

Além disso, o atendimento remoto pode abrir inúmeras possibilidades de redução de custos e aumento de eficiência. Mas, para isso é importante contar com um bom software médico. Com ele será possível concentrar as informações do prontuário eletrônico, bem como sua agenda online e documentos do consultório ou clínica.

Comunicação a favor do relacionamento com o paciente

De acordo com dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o uso da internet no Brasil cresceu entre 40% e 50% durante a quarentena. 

Um comunicado divulgado pelo Facebook no final de abril diz que, atualmente, quase 3 bilhões de pessoas usam pelo menos um dos aplicativos (Facebook, Instagram, WhatsApp ou Messenger) da empresa todo mês, um aumento de 11% em relação ao ano anterior e o maior número de todos os tempos. 

Por isso, nesse momento, estar presente na internet e nas redes sociais é uma das melhores formas de manter o relacionamento com o paciente.

Será por meio das comunicações eletrônicas que eles poderão se atualizar e consumir dicas de saúde. E, o mais importante é que os conteúdos distribuídos online possibilitam lembrar do consultório ou clínica como referência na hora de buscar um serviço de saúde.

Nesse momento, o marketing médico faz toda a diferença! Estar presente, mesmo que de forma online, no dia a dia dos pacientes faz com que seu consultório ganhe visibilidade, credibilidade e se torne uma referência na área de atuação.

Isso também é vantajoso para o paciente, uma vez que ele pode confiar em uma fonte segura de materiais sobre saúde.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

Mas, se você não sabe por onde começar a distribuir seu conteúdo online, nós listamos os principais canais de relacionamento que você não pode deixar de ter. As dicas te ajudarão a superar esse momento e sair ainda mais forte e reconhecido em sua área de atuação.

Ferramentas digitais para relacionamento com paciente

  • Site médico – Se engana quem pensa que os usuários da internet não acessam mais sites, apenas redes sociais. Muitos pacientes ainda recorrem às páginas oficiais das clínicas e consultórios antes de agendar uma consulta.

Mas, apenas ter uma web page ativa não é suficiente, é preciso que o site esteja bem posicionado no Google para que os usuários o encontrem nos momentos certos.

  • Blog – Os blogs, considerados uma das primeiras redes sociais da internet, também ganharam força na pandemia e passaram a ser fonte de consulta e informação para muitos pacientes.

Essa ferramenta, além dar visibilidade ao trabalho do médico, pode ser uma boa oportunidade para converter os visitantes em pacientes, por meio de conteúdos educativos.

É importante lembrar que essa é uma estratégia para ser utilizada de médio a longo prazo, mas que quando bem trabalhada assegura uma autoridade no meio digital.

Com postagens sérias, educativas e informativas, você passa a ser uma fonte de conteúdos verídicos, criando um relacionamento com os pacientes e evitando que seja alvo de informações falsas e prejudiciais.

Dessa forma, é possível que ele se lembre de você quando precisar agendar um atendimento. Assim, vai preferir o seu consultório por conhecer sua autoridade na área.

  • Redes Sociais – Como dito no início desse tópico, as redes sociais se tornaram um dos principais mecanismos de atenção da população durante a pandemia. Cada vez mais as pesquisas demonstram que os usuários acreditam e utilizam as redes sociais como forma de consulta e busca por serviços.

Quando bem trabalhada, elas podem se tornar um ótimo espaço para divulgar seus conteúdos e manter um relacionamento mais próximo com busca pelo serviço que você oferece.

Mas, é preciso cuidado! O Conselho Federal de Medicina limita algumas práticas e divulgações. Por isso, busque no mercado empresas e profissionais especializados e capacitados para a produção desses conteúdos. De preferência, opte por quem ofereça plataformas para realizar esse gerenciamento, com dados e relatórios de atividades.

Conte com um software médico

O e-mail marketing é um dos recursos mais efetivos no relacionamento médico-paciente, principalmente durante o pós-consulta.

Com uma boa plataforma de envio de e-mail marketing é possível enviar newsletter periódicas e conteúdo exclusivo sobre saúde e procedimentos. Ainda, dá para enviar indicação de artigos do seu blog, felicitações de aniversários, mensagens de datas comemorativas, divulgação de novos serviços, entre outros.

No entanto, para resultados efetivos é recomendado o investimento em um software médico. Além de automatizar a tarefa, a ferramenta poderá gerar relatórios e dados referentes à comunicação.

Com o software também é possível programar lembretes de consulta automáticos e avisar o paciente que já está na hora do retorno.

O investimento adequado em marketing médico e a utilização das ferramentas corretas possibilitará não só a manutenção de um bom relacionamento com o paciente, como auxiliará na atração e fidelização!

Ah! Lembre-se de pedir um feedback dos atendimentos para melhorar a experiência do seu paciente. Ferramentas como o NPS, também conhecido como Net Promoter Score, podem ajudar a descobrir o grau de fidelidade dos consumidores, diante do serviço prestado. 

E, mais do que isso, a ferramenta de NPS segura e inteligente estrutura as informações para ajudar na tomada de decisões assertivas dentro do consultório.

Gostou do conteúdo? Ficou interessado em saber mais sobre o assunto? Continue navegando pelo blog iMedicina!

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira:

  • 1) Atração de pacientes
  • 2) Atendimento com Eficiência e Tecnologia
  • 3) Relacionamento e fidelização

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.