É possível ser médico empreendedor?

É possível ser médico empreendedor?

Depois de um longo período na universidade e atuando como residente, você já pode se encaminhar para uma nova fase da vida. Contudo, sua mentalidade talvez não ainda não seja como a de um médico empreendedor.

Pensar dessa maneira significa focar na conquista de resultados por meio de trabalho e conhecimento — algo que parece ser simples, mas que vem acompanhado de uma série de dificuldades como o gerenciamento da própria rotina e o de uma empresa.

Isso não é motivo para se assustar ou desistir. A atitude empreendedora envolve a criação e oferta de algo que a sociedade deseja, mas que nem sempre está à disposição dela. Em Medicina, é o passo necessário para se destacar e até sobreviver no mercado.

Continue a leitura e descubra como se tornar um médico empreendedor.

Cenário do empreendedorismo médico no Brasil

Os avanços tecnológicos que vêm ocorrendo ao longo das últimas décadas criaram um cenário favorável para o profissional de saúde brasileiro. Novos modelos de negócios foram criados — promovendo, inclusive, o acesso à população mais carente.

Empreendedores encontraram nas deficiências do Sistema Único de Saúde (SUS) e dos planos de saúde a oportunidade para criar clínicas populares, como Doutor Consulta, e serviços de assinatura de consultas, como a Amparo.  

Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), franquias na área de saúde tendem a ocupar mais espaço nesse mercado nos próximos 30 anos — fato ocasionado também pela mudança no modo de vida das pessoas.

O brasileiro está vivendo mais e demanda serviços únicos e diferenciados. Esse é, portanto, um momento especial para quem deseja abrir um negócio e se tornar médico empreendedor. Mas é preciso pensar de um modo diferente e ter certas habilidades.

Aqui vai uma boa notícia: você já tem algumas delas!

Habilidades do médico empreendedor

Há médicos que não se imaginam como donos do próprio negócio — seja por desejo ou medo de encarar o desafio. No entanto, muitos profissionais de Medicina têm características de empreendedores.

Colocá-las em prática pode direcionar sua carreira para uma próxima fase, em que você abre sua clínica ou consultório. Veja quais são as habilidades do médico empreendedor:

Aprende com os próprios erros

Essa é uma maneira importante de se adquirir experiência. Você também pode aprender com os erros de outros profissionais — para não os cometer. E no mundo do empreendedorismo, isso é fundamental para administrar bem qualquer negócio.

Estuda para experimentar novidades

O médico empreendedor está sempre atento às inovações tecnológicas, aos resultados de pesquisas e aos lançamentos de novos medicamentos. Estudá-los permite acompanhar as mudanças do mundo e do mercado.

Analisa riscos e benefícios

Todo médico é treinado para avaliar os riscos de cada ação e analisar os benefícios que podem ser conquistados. Trata-se de uma capacidade de tomar decisões baseadas em custo-benefício — fundamental para quem deseja empreender.

Reconhece padrões para tomar decisões  

Outra habilidade do médico empreendedor é a alta capacidade de reconhecer padrões. A repetição de pontos positivos ou negativos faz com que a tomada de decisões seja feita com segurança e objetivando sempre os resultados positivos.

Direciona seu foco para a ação

O médico empreendedor entende que, após tomar uma decisão, precisa planejar os próximos passos e partir para a ação. É dessa maneira que o negócio evolui começa a tomar forma.

Lida com as incertezas

Em algumas situações, o médico decide agir sem ter certeza das informações. O paciente pode omitir informações importantes, como um hábito ou medicamento que toma. E quando o assunto é empreender, essa capacidade de lidar com as incertezas é essencial.

Tem responsabilidade

A responsabilidade é uma das maiores qualidades humanas e, no mundo dos negócios, torna-se indispensável para o médico empreendedor. Um profissional responsável jamais abandona uma tarefa porque ela é difícil.

Ferramentas úteis para o seu empreendedorismo

Para que você dê os primeiros passos e se torne um médico empreendedor, agrupamos em seis categorias as principais ferramentas que você precisa dominar:

Conhecimento

Já faz parte do seu dia a dia como médico. Mas é preciso expandi-lo para áreas como empreendedorismo, finanças, gestão, liderança e outras. Você pode adquirir esse conhecimento por meio de livros, cursos, palestras e consultorias.

Público-alvo

Grandes ideias surgem a partir da visualização dos problemas e necessidades do público-alvo, ou seja, os pacientes. Por isso, você precisa acompanhar o mercado para tornar única sua clínica ou consultório.

Nesse aspecto, seu objetivo é entender o que os pacientes buscam, por exemplo, na hora do atendimento. A partir desse entendimento, será possível oferecer uma experiência única que fidelizará

Finanças

Por mais que você contrate um contador ou administrador, é fundamental ter noções básicas de economia, administração e finanças. Esse conhecimento possibilita ter uma visão estratégica do negócio, sem tocá-lo às cegas.

Organização

Para oferecer um serviço diferente e eficiente, suas rotinas devem estar devidamente organizadas. A documentação precisa estar em dia, a agenda atualizada e, inclusive, as questões financeiras, fiscais e contábeis.

Marketing

Existem diversos meios de comunicação que podem tornar conhecido seu consultório ou clínica. Em alguns, como o Instagram, é possível fazer divulgação com apenas R$1. E, na maioria, você pode garantir sua presença sem precisar investir em conteúdo pago.

Softwares de gestão

Os softwares de gestão conseguem reunir as áreas acima — ou a maioria delas. Eles permitem a organização da rotina, o gerenciamento das finanças, a segurança dos dados e o acesso a partir de qualquer dispositivo conectado à internet.

Desafios do médico empreendedor

A busca por mais conhecimento é o primeiro desafio do médico empreendedor. Devem ser adquiridos novos conhecimentos, habilidades e competências para tomar decisões com consciência e segurança.

Reserve algumas horas semanais para estudar, ver palestras e ler materiais específicos para profissionais que estão começando a trabalhar na própria empresa.

Aprenda também a gerenciar pessoas. São elas que formarão sua equipe e que estarão na linha de frente do atendimento dos pacientes. Isso envolve, além da contratação, treinamento e gestão de pessoas.

Por fim, para ser um médico empreendedor de sucesso, você deve se adaptar à rotina multitarefa, aprendendo a conciliar suas diversas atribuições com o empreendedorismo. Mas não se esqueça de que softwares podem ajudá-lo bastante neste aspecto!

Pense na sua carreira e comece essa jornada como médico empreendedor baixando agora o Guia Completo para Abrir o seu Consultório do Zero.  

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Artigos relacionados

O que achou? Deixe seu comentário!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.

Junte-se a Dezenas de Milhares de Médicos

Receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.