Estabilidade do consultório: o que fazer em momentos de crise?

estabilidade do consultório

Além de uma crise humanitária, a pandemia do novo coronavírus produz um grande impacto econômico em todos os setores da sociedade. Para os profissionais de saúde, o principal desafio neste momento de dificuldade está em manter a sua saúde mental e a estabilidade do consultório.

Neste sentido, preparamos este artigo para trazer um panorama dos efeitos provocados pela Covid-19 na gestão dos consultório e clínicas e também para trazer algumas dicas de como manter a saúde financeira do seu negócio em tempos de crise.

O impacto econômico da pandemia na estabilidade dos consultórios médicos

Como forma de conter o avanço no contágio do novo coronavírus, grande parte das autoridades de diversos países adotaram o isolamento social como uma medida obrigatória para a população.

Embora seja uma ação preventiva necessária, essa atitude afetou consideravelmente as finanças daqueles que dependem da circulação de pessoas, tais como, restaurantes, lojas físicas, cinemas, clínicas e consultórios médicos.

Ainda, trazendo para a realidade específica dos profissionais de saúde, a duração e a gravidade dos efeitos da pandemia irão variar de acordo com a qualidade e a eficácia do planejamento financeiro e da gestão do seu consultório.

No caso das grandes instituições, como hospitais e centros médicos, o impacto econômico tende a ser menor quando comparado aos profissionais liberais da saúde. Provavelmente, estes sentirão o baque de forma mais profunda.

Isso porque com o aumento no número de desempregados, estima-se uma queda considerável no volume de pacientes particulares e também de convênios. Como deixaram ter renda, essas pessoas tendem a cancelar os planos de saúde e procurar assistência no setor público.

Por isso, é importante saber se posicionar em tempos de crise. Aqueles que estão atentos ao momento, conseguem enxergar grandes oportunidades e, assim, são capazes de continuar atendendo seus pacientes e manter a estabilidade do consultório.

Então, se você ainda não percebeu as novas possibilidades que estão surgindo durante a pandemia, mas deseja conhecê-las, continue a leitura. A seguir, falaremos sobre o que fazer para manter a estabilidade do consultório em tempos difíceis.

Como manter a estabilidade do consultório em tempos de crise?

A necessidade de desinvestimentos pode causar o fechamento de muitas clínicas e consultórios médicos, fazendo com que profissionais abandonem a ideia de ter o seu próprio negócio.

Porém, o atendimento médico continua sendo essencial, principalmente nesse momento de pandemia. Dessa forma, o desafio está em como manter esse atendimento e preservar a sua saúde e a do paciente.

Além disso, por mais que as consultas não sejam realizadas nesse período, é de extrema importância continuar se relacionando com seus pacientes. Portanto, conheça algumas dicas que irão ajudar a manter a estabilidade do consultório e diminuir os impactos da crise.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

1) Estratégia de marketing consolidada para manter a estabilidade do consultório

Apesar de parecer estranho, momentos como o que estamos vivendo são excelentes oportunidades para investir em estratégias de marketing médico. Mesmo que seja um momento de corte de gastos, é importante manter os recursos destinados à divulgação.

Em primeiro lugar, você tem uma grande possibilidade de se destacar da sua concorrência, pois, a tendência é de que eles diminuam seus investimentos em marketing. Em segundo lugar, crises relacionadas à saúde aumentam a procura por informações, criando a oportunidade perfeita para produzir conteúdos que respondam às dúvidas das pessoas.

Neste sentido, invista em marketing de conteúdo, uma estratégia que consiste na oferta de informações relevantes através do blog, site médico, e-mail marketing e redes sociais. Porém, para otimizar os seus gastos, é preciso que sua estratégia seja bem definida. Para isso, você precisa conhecer o perfil do seu público.

Entretanto, é preciso destacar que, o marketing de conteúdo é uma estratégia de médio e longo prazo. Assim, não espere que, iniciando hoje, os resultados serão percebidos amanhã. Quem já possui uma estratégia consolidada durante as crises para atrair e fidelizar pacientes, corre menos risco.

2) Investir em ferramentas digitais que trazem economia e acessibilidade para o paciente e para o consultório

Em tempos de crise econômica, a tendência é de redução de despesas e otimização dos investimentos. Por isso, é preciso buscar alternativas que tragam economia e acessibilidade tanto para o paciente quanto para o consultório, como, por exemplo:

  • software médico gratuito: a informatização do consultório aumenta a produtividade da equipe, agiliza os processos e torna a comunicação mais assertiva. Com um software médico seguro e gratuito, você reduz seus custos, o que possibilita uma alteração temporária no preço da sua consulta;
  • agendamento eletrônico: as dificuldades impostas pela crise podem impedir ou desanimar o paciente a agendar uma consulta, pois há outras prioridades. Ao oferecer o agendamento online, ele passa a ter a autonomia para marcar suas consultas, sem intermediários;
  • atendimento por telemedicina: em tempos de isolamento social, os serviços de telemedicina passaram a ser essenciais. Daqui para frente, essa é uma alternativa inteligente de adaptar algumas consultas e conseguir melhorar os preços dos atendimentos.
  • controle financeiro: com a implementação de um software médico, você passa a contar com mais organização para suas finanças. Assim, basta dedicar a atenção necessária ao seu caixa para conseguir manter a estabilidade do consultório.

3) Invista em educação dos pacientes durante os momentos de crise

No caso do coronavírus, por ser uma doença nova, as informações sobre sintomas, contágio, transmissão e prevenção foram surgindo à medida que cientistas e médicos estudavam o vírus. Dessa forma, a população ainda tem muitas dúvidas sobre o assunto.

Ainda, a demanda por informação tende a aumentar em qualquer situação de crise associada à saúde ou não, pois o acesso à assistência acaba diminuindo nessas épocas. Então, investir recursos e esforços na educação dos seus pacientes é fundamental nesses momentos.

Com isso, você diminui a angústia e os questionamentos provocados pelo momento. Outrossim, você tem em mãos as ferramentas necessárias para ensinar as medidas de segurança para a preservação da saúde das pessoas.

4) Acompanhe de perto a gestão do consultório e dos fluxos financeiros para tomar decisões mais assertivas

Em tempos de crise, você passa a ter menos espaço para erros, pois, cada ação realizada indevidamente pode afetar drasticamente a sua saúde financeira. Assim, é necessário desenvolver um bom planejamento financeiro e gerir de perto o consultório.

Ademais, mantendo um bom controle das suas finanças, você tem as informações necessárias para tomar decisões assertivas, produzindo resultados positivos, aumentando suas receitas e diminuindo suas despesas.

Enfim, períodos difíceis exigem atenção e cuidados redobrados com cada atitude e investimento realizado. Afinal, as contas continuarão chegando e uma queda no faturamento pode ser fatal para o negócio.

Portanto, após a leitura deste artigo, você conheceu formas eficazes de, senão evitar, pelo menos, diminuir os impactos da crise. Assim, observe as oportunidades que o momento atual oferece e faça o possível para manter a estabilidade do consultório.

Quer saber mais sobre o assunto? Continue navegando pelo Blog iMedicina.

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: