Quem são e como atrair os tipos de pacientes que meu consultório deseja?

pacientes

Ao desenvolver estratégias de marketing médico, é importante definir o perfil dos pacientes que você deseja alcançar. Assim, é possível criar ações mais assertivas, que impactam diretamente o seu público, e melhorar o retorno sobre o investimento.

Neste artigo, falaremos sobre as medidas necessárias para conhecer o perfil do seu paciente e quais as ações de marketing médico que podem ser realizadas para atraí-lo.

Como descobrir o perfil do paciente ideal?

Uma das etapas mais importantes para ter sucesso em suas ações de divulgação do consultório é saber qual tipo de paciente você deseja atrair e fidelizar. Assim, você passa a embasar todas as suas práticas a partir desse perfil.

Quando falamos de definir o tipo de paciente ideal, estamos falando de estabelecer características reais, tais como, idade, sexo, área em que reside, classe social, queixas médicas, etc. O objetivo é ter todas as informações possíveis para que você desenvolva estratégias direcionadas, oferecendo uma ótima experiência ao paciente.

Colete dados dos seus pacientes

O primeiro passo para criar esse perfil é fazer um levantamento de dados dos pacientes que você já atende na sua clínica. Assim, faça uma análise de todos os prontuários, a fim de encontrar padrões de comportamento.

Da mesma forma, converse com seus pacientes sobre as preferências deles, sobre os aspectos que são mais importantes durante o atendimento e descubra quais são os pontos fracos e fortes que eles percebem no seu serviço.

Defina sua persona

Com esses dados em mãos, você já tem o material que precisa para definir a sua persona, uma pessoa fictícia que é construída por você a partir das características comuns encontradas nos seus pacientes. Em resumo, a persona é o perfil de cliente ideal para o seu consultório.

Ainda, a sua persona precisa ter todos os dados relevantes para a construção de uma estratégia de marketing, como, por exemplo, idade, gênero, tipos de redes sociais que utiliza, sites que gosta de acessar e outros tipos de comportamentos e preferências.

Assim, você já sabe como elaborar suas ações para atingir a esse público, atraindo-os para o seu consultório. Porém, é importante saber que o comportamento das pessoas mudou, pois, agora, passaram a ter mais acesso à informação sobre saúde.

Quais são as características dos clientes atuais?

Com a propagação da informação pela internet, é possível aprender tudo sobre todos os assuntos, até mesmo sobre a área de saúde. Por isso, é preciso estar preparado para esse perfil de público mais exigente.

Além disso, antes de buscar assistência médica, é comum que as pessoas tentem sanar suas dúvidas pelo Google, fazendo pesquisas sobre doenças e seus sintomas. Com isso, tendem a chegar ao consultório municiadas de informações.

Obviamente, estão sujeitas a encontrar todo tipo de recomendação, seja ela confiável ou enganosa. Então, cabe a você deixá-la falar durante a consulta para depois orientá-la corretamente.

Ademais, os pacientes passaram a ser mais exigentes com a qualidade de um atendimento. Por isso, você e sua equipe devem estar capacitados a oferecer a melhor experiência possível antes, durante e após a consulta.

O que fazer para atrair os tipos de pacientes que considero ideais?

Quando falamos de meios para atrair pacientes, estamos falando de marketing médico, que consiste em um conjunto de ações com a finalidade de captar, fidelizar, educar e encantar o seu público.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

Ainda, o primeiro passo para divulgar o seu trabalho é definir quais são os seus objetivos. No caso em questão, estamos falando da atração do perfil ideal de pacientes. Então, para começar uma estratégia de captação, escolha o seu nicho de atuação.

Com isso, você restringe a sua capacidade de atendimento, limitando suas estratégias para atrair um público qualificado, ou seja, que está interessado nos serviços que você oferece. 

Posteriormente, considere fazer uma pesquisa de mercado, descobrindo quem são os seus concorrentes diretos e indiretos, avaliando o que eles estão fazendo para atrair o público. Da mesma forma, você pode descobrir o que eles estão deixando de fazer e, assim, encontrar um caminho para desenvolver suas ações.

Dessa maneira, definindo o seu nicho e conhecendo a concorrência, você precisa buscar a informação mais importante: as expectativas do seu paciente. Para isso, invista em práticas que o estimule a dar o seu feedback

Assim, você já tem todos os dados para adequar a sua oferta de serviços de acordo com as necessidades dos seus pacientes. Aspectos como preço, horário de atendimento, linguagem utilizada na comunicação com o paciente e organização da clínica podem ser totalmente adaptados para oferecer uma experiência positiva para o seu público.

Estratégias de marketing médico para atrair pacientes

Após definir a sua persona e entender do que ela precisa, você pode começar a desenvolver suas estratégias de marketing médico. Como os perfis podem variar de acordo com cada especialidade, vamos apresentar as ações que melhor funcionam no setor de saúde.

Marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo para médicos consiste na oferta de conteúdos relevantes sobre saúde com o objetivo de orientar e educar a população. Como as pessoas estão cada vez mais buscando esse tipo de informação na internet, é uma estratégia que apresenta ótimos resultados.

Assim, para produzir e distribuir os seus conteúdos de forma correta, você precisa desenvolver um blog otimizado para SEO (Search Engine Optimization)  para que ele tenha um bom posicionamento no Google e seja facilmente encontrado pelo seu público.

Então, com base nas preferências da sua persona, elabore artigos sobre assuntos que despertam a atenção dela. Com isso, você consegue conduzir o leitor até o momento em que ele busca os seus serviços e se torna um paciente.

Redes sociais

Com um número cada vez maior de usuários, as redes sociais são um dos ambientes virtuais mais comuns para encontrar o seu público. Como você já conhece as plataformas que ele mais utiliza, crie um estratégia específica para cada uma delas.

No Brasil, as redes mais utilizadas são YouTube, Facebook e Instagram. Porém, para criar postagens atrativas, você precisa conhecer as particularidades dessas plataformas. 

Site médico

Embora as redes sociais ofereçam a possibilidade de criar uma página para você e para seu consultório, ter o seu próprio site é parte fundamental de uma estratégia de marketing médico para atrair pacientes.

No entanto, ao desenvolvê-lo, procure oferecer funcionalidades que tornem o site médico atrativo e intuitivo para seus pacientes. Uma boa forma de oferecer a melhor experiência para eles é disponibilizando o recurso de agendamento online.

Portanto, se você deseja concentrar seus esforços na atração dos pacientes que realmente são interessantes para o seu negócio, invista seu tempo para conhecer a sua persona, entender suas necessidades, adequar seus serviços e planejar suas estratégias de marketing médico.

Quer entender como o iMedicina pode ajudar você a atrair os pacientes certos? Fale com um consultor.

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira:

  • 1) Atração de pacientes
  • 2) Atendimento com Eficiência e Tecnologia
  • 3) Relacionamento e fidelização

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.