Como manter a estabilidade do consultório em época de crise?

estabilidade do consultório
Powered by Rock Convert

A estabilidade do consultório de diversos médicos espalhados pelo Brasil ficou seriamente abalada durante a pandemia. Isso, a ponto de alguns profissionais precisarem fechar o local de atendimento por não conseguir lidar com a escassez de pacientes no momento.

Mesmo sendo uma época em que a saúde está em evidência, muitos consultórios viram seus pacientes abandonarem as consultas que julgam preventivas ou não essenciais. Em alguns casos, até problemas de saúde pontuais ficaram sem assistência médica, de acordo com a terceira edição da pesquisa “Coronavírus e seu Impacto no Brasil”, realizada pela Demanda Pesquisa e Desenvolvimento de Marketing.

A baixa no fluxo de pacientes provocou uma necessidade de mudança na rotina de muitos desses profissionais de uma maneira geral, exigindo uma performance diferente frente ao mercado da saúde.

Os médicos que têm consultório próprio, além de exercer a medicina, atendendo o paciente, ainda precisam gerir o negócio. Essa situação é um desafio, principalmente porque muitos desses profissionais, apesar de empreendedores, não lidam muito bem com a gestão e com as finanças, esquecendo que o consultório precisa dar lucros para se manter sustentável ao longo do tempo.

Durante a pandemia, as cirurgias eletivas precisaram ser canceladas para conter o avanço do contágio do Coronavírus. Da mesma maneira, em épocas de crise, esse tipo de procedimento, bem como aqueles associados à estética e prevenção acabam ficando em segundo plano, pois outras prioridades são colocadas em evidência. 

A consequência disso são novas baixas no fluxo de pacientes e mais alguns consultórios encerrando as atividades. O ideal é não esperar a crise chegar para tomar medidas de controle. Então, o que fazer para garantir a estabilidade do consultório, inclusive em momentos de dificuldade?

Administração consciente das finanças para garantir estabilidade do consultório 

Esses cenários são sempre muito complicados, pois envolvem uma série questões relacionadas à economia do país e ao trabalho que vêm sendo construído no consultório antes da crise chegar e quando ela se instaura.

Apesar disso, podem ser também a oportunidade de repensar conceitos que estão sendo transformados e, talvez, por em prática novas soluções que ajudarão o consultório se manter daí para frente.

O primeiro passo é rever as despesas e entender o que pode e o que não deve ser dispensado.

Os coworkings médicos por exemplo, vêm ganhando bastante espaço durante a pandemia por suprimir o gasto com estruturas físicas ociosas. 

Se o médico aluga um consultório e tem gasto com o local, suprimentos, pessoal e materiais, pode transferir seus atendimentos para um espaço compartilhado, que ofereça a estrutura necessária para receber seus pacientes por um valor muito mais em conta.

Existem modelos em que o profissional só paga pelo tempo em que está utilizando, dando flexibilidade para as despesas e para o desempenho da medicina. 

Com a ajuda de um prontuário eletrônico, o médico tem todos os dados dos seus pacientes armazenados em nuvem, podendo geri-los de onde estiver, sem precisar se preocupar com segurança, armazenamento e transporte das fichas.

Economizando o valor do aluguel, limpeza do espaço, secretárias etc., fica mais fácil equilibrar as contas e passar pela crise sem precisar encerrar o empreendimento. Conforme for, quando as contas estiverem mais saudáveis, o médico pode voltar a procurar um local próprio.

O importante é que a marca do consultório continue crescendo, mesmo que o local de funcionamento tenha mudado de endereço. Assim, ela se fortalecerá para os desafios que podem vir a seguir.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

Fidelização de pacientes é fundamental para a estabilidade do consultório

Mesmo minimizando as despesas, é preciso ainda ter um relacionamento com o paciente consolidado. 

Como citado no item anterior, é importante que a marca do consultório continue crescendo e transmita confiança aos seus pacientes. Desse modo, nos momentos de crise eles também se mantém fiéis.

A estratégia de fidelização envolve a rotina de trabalho de todos da equipe do consultório para melhorar cada vez mais a experiência do paciente, desde antes da marcação da consulta até o pós-atendimento.

Mas, como fazer isso na prática? Separamos algumas dicas a seguir. Acompanhe!

Ofereça diferenciais para garantir a satisfação do paciente

Ter um consultório online hoje não é apenas uma opção. Os consultórios tradicionais, com papel e caneta terão muito mais dificuldades de se adaptar às novas demandas dos pacientes digitais.

Quem quer se destacar da concorrência vai precisar impactar positivamente o paciente que se tornou mais exigente e sem tempo.

Por isso, ofereça ferramentas que otimizam o atendimento. Um software médico traz agilidade no cadastro e na prescrição de medicamentos. O agendamento online facilita a marcação de consultas e o NPS mede a satisfação do paciente com o atendimento.

Além disso, as consultas remotas por telemedicina levam comodidade e são um opção a mais para o paciente, sempre que possível. 

Estabeleça uma estratégia de pós-consulta

Para fidelizar o paciente não basta realizar um excelente atendimento. Ele precisa ter uma experiência tão boa, que se lembre do consultório sempre que precisar retornar à consulta.

Nesse sentido, o pós-consulta desempenha um papel importante no estabelecimento dessa relação com o médico. É essencial manter a comunicação sempre frequente.

As estratégias de e-mail marketing são uma ótima opção para aqueles que querem automatizar o pós consulta e impulsionar a comunicação com o paciente.

Um exemplo de como podem ser utilizados é através da segmentação e envio de fluxos de e-mails com temas importantes para a saúde do paciente. Datas comemorativas, lembretes de retorno, divulgação de novidades do consultório  e pesquisas de satisfação também são uma boa pedida para uso do e-mail marketing.

Presença digital ativa

Outra forma de manter a comunicação constante é ter uma presença digital bem estruturada. Os perfis em redes sociais, sites e blogs são excelentes canais para aproximar o relacionamento com o paciente e ser lembrado por ele com frequência.

Essa estratégia, quando bem  realizada ainda auxilia a atração de novos pacientes, traz autoridade para o nome do consultório, o que gera mais confiança e retorno dos pacientes antigos, mantendo a estabilidade do consultório.

Quer saber mais sobre esse e outros assuntos importantes para o crescimento do seu consultório? Continue navegando pelo Blog iMedicina.

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: